Avaliação da qualidade nutricional de composto orgânico produzido com resíduos provenientes de composteiras domésticas

Jessica Laine Mendes Bersan, Gisele Aparecida Rodrigues Kelmer, Julia Righi de Almeida

Resumo


DOI

 

A compostagem apresenta-se como uma maneira ambientalmente adequada de tratamento dos resíduos orgânicos, uma vez que por meio dos mecanismos naturais de degradação biológica, converte os resíduos em dois subprodutos que podem ser utilizados como fertilizante natural, na recuperação de áreas degradadas, contribuindo com a redução da emissão de gases de efeito estufa e ainda, como material alternativo para cobertura de aterros sanitários. Somado a isso, uma vez realizada a compostagem, há uma diminuição do volume de resíduos que chega aos aterros, aumentando a vida útil desses locais, consequentemente reduzindo a necessidade de busca por novas áreas, evitando assim, outros impactos, como a contaminação de solos e águas subterrâneas, emissão de gases de efeito estufa e ainda o alto custo de tratamento de seus efluentes. Isso posto, o presente trabalho objetivou analisar a qualidade do composto orgânico proveniente de duas composteiras caseiras, e comparou a viabilidade de sua comercialização com base na legislação brasileira vigente. Apesar de parte dos requisitos mínimos exigidos por lei não terem sido atendidos, o material produzido possui boa qualidade para uso próprio, pois não apresenta microrganismos patogênicos, e contém diversos macronutrientes em quantidade satisfatória.


Palavras-chave


Compostagem, Adubo orgânico, Legislação, Aplicabilidade.

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.007: Resíduos sólidos: Amostragem de Resíduos Sólidos. Rio de Janeiro, 2004. 25 p.

ABRELPE (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais). Panorama dos resíduos sólidos urbanos no Brasil, 2020. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2021.

ABREU, M.J. Gestão comunitária de resíduos orgânicos: o caso do projeto Revolução dos Baldinhos (PRB), capital social e agricultura urbana. Dissertação (Mestrado), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2013.

ALVAREZ V., V. H.; ROSCOE, R.; KURIHARA, C. H.; PEREIRA, N. de F. Enxofre. In: NOVAIS, R. F.; ALVAREZ V., V. H.; BARROS, N. F.; FONTES, R. L. F.; Cantarutti, R. B.; NEVES, J. C. L. Fertilidade do solo. Viçosa, MG: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. p.596-644.

AUDIBERT, J.L. & FERNANDES, F. Avaliação qualitativa da emissão de biogás em aterro controlado de médio porte. Revista DAE, n. 190, p. 56-73, 2012.

BARBOSA, A.P.F. et al. Reaproveitamento de resíduos sólidos orgânicos oriundo da merenda escolar por meio da compostagem. Brazilian Applied Science Review, v. 3, n. 2, p. 1161–1168, 2019.

BARBOSA, R.N.C. A economia solidária como política pública: uma tendência de geração de renda e ressignificação do trabalho no Brasil. Tese (Doutorado), Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social da PUC-SP, São Paulo, 2007.

BAPTISTA, V.F. Liberdade pelo trabalho ou trabalho pela liberdade? - O caso dos catadores de materiais recicláveis. Revista Brasileira de Políticas Públicas, v.3, p.119-135, 2013.

BERSAN, J.L.M.; KELMER, G.A.R.; RIGHI, J.A. Diagnóstico dos resíduos destinados às unidades de compostagem no estado de Minas Gerais utilizando a base do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. In: Simpósio de Gestão Ambiental e Biodiversidade, 9º, 2020, Três Rios. Três Rios, UFRRJ, 2020.

CFSEMG - Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais. Manual de Recomendações Para o Uso de Corretivos e Fertilizantes em Minas Gerais – 5a aproximação. Viçosa, 1999. Disponível em: . Acesso em: 26. mai. 2021.

CORRÊA, E.K.; CORRÊA, L.B. (Org.). Gestão de Resíduos Sólidos III. 1. ed. Pelotas: Editora da Universidade Federal de Pelotas, 2016. v. 1. 132p.

COSTA, M. D. et al. Estudos laboratoriais para avaliação do desempenho de camadas de cobertura de aterros sanitários em relação à redução de emissões de gases e infiltrações. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 23, n. 1, p. 77–90, fev. 2018.

DIAZ, L. F. et al. Solid waste management for economically developing countries. Copenhagen, Denmark: ISWA, 1996.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Circular Técnica n° 59. Compostagem de Resíduos para Produção de Adubo Orgânico na Pequena Propriedade. 2010. Disponível em: < http://www.cpatc.embrapa.br/publicacoes_2010/ct_59.pdf>. Acesso em: 25. mai. 2021.

FARIA, J.C.T; PINTO, V.M.O; GONÇALVES, D.M.S.C; SOUZA, D.M.S.C; FERNANDES, S.B; BRONDANI, G.E. A compostagem da casca de café carbonizada favorece a produção de mudas de ingá. 2020. Pesquisas Agrárias e Ambientais. Nativa, Sinop, v. 8, n. 2, p. 224-230.

FREITAS, L.M.C.; WIESER, C.J.; STEFANUTTI, R. Variação da Temperatura e Redução da Massa na Compostagem Doméstica. In: Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental, 9º, 2017, Belo Horizonte. Belo Horizonte, 2017, n.p.

GARCIA, W.C., FENZL, N. Compostagem da casca da mandioca: estudo de caso em uma comunidade no município de Abaetetuba-PA. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, v. 3, n. 3, p. 2599-2609, 2020.

GASPODINI, R.S. et al. Compostagem de Resíduos de Casca de Ovo, Esterco Bovino e Lodo de Estação de Tratamento de Efluente de Graxaria: Uma Abordagem Experimental em Pequena Escala. Revista CIATEC-UPF, v. 10, n. 1, p. 1-16, 2018.

HASHEMIMAJD, K.; FARANI, T.M.; SOMARIN, S.J. Effect of elemental sulphur and compost on pH, electrical conductivity and phosphorus availability of one clay soil. African Journal of Biotechnology, v. 11, n.6, p. 1425-1432, 2012.

HECK, K. et al. Temperatura de degradação de resíduos em processo de compostagem e qualidade microbiológica do composto final. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 17, n. 1, p. 54–59, jan. 2013.

JARDIM, A.; YOSHIDA, C.; MACHADO-FILHO, J. F. Política nacional, gestão e gerenciamento de resíduos sólidos. 1. ed. Barueri, SP: Manole, 2012.

JUNIOR. E.R D.; BÔAS, R.L.V. LEONEL, S.; FERNANDES, D.M. Alterações em propriedades de solo adubado com doses de composto orgânico sob cultivo de bananeira. Revista Brasileira de Fruticultura. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal - SP, v. 28, n. 3, p. 546-549, dezembro 2006.

KIEHL, E.J. 2012. Manual de compostagem: maturação e qualidade do composto. 6ª ed. Agronômica Ceres Ltda., Piracicaba, 171p.

LOPES, R.L. Infiltração de água e emissão de metano em camadas de cobertura de aterros de resíduos sólidos. Tese (Doutorado), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.

LOPES, A. S. & GUILHERME, L. R. G. Fertilidade do solo e produtividade agrícola. In: NOVAIS, R.F.; ALVAREZ, V.V.H.; BARROS, N.F.; FONTES, R.L.F.; CANTARUTTI, R.B.; NEVES, J.C.L. Fertilidade do Solo. 1 ed. Viçosa: SBCS, 2007. p.1-64.

LOPEZ, D.B; SEIFFERT, M.E.B. Avaliação do potencial da compostagem por aterramento para a recuperação de áreas degradadas pelo processo de mineralização da areia. Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, 10º, 2006, São José dos Campos. São José dos Campos, Universidade do Vale do Paraíba, 2006, n.p.

MARQUES, C.S.; GUIMARÃES, P.V.P.; SMIDERLE, O.J.; SOUSA, R.C.P. Morfometria e crescimento inicial de Copaifera pubiflora exposta à terra vegetal produzida em compostagem. Acta Brasiliensis v. 2, n.1, p 1-5, 2018

MARTINS, B. N. M. Enxofre em cobertura e aplicação de composto orgânico no plantio, na produção, qualidade e acúmulo de macronutrientes em sementes de alface. Dissertação (Doutorado), Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP Campus de Botucatu, 2018.

MARTINS, N.F.; MORAIS, W.A.; ROCHA, N.R.A. F. Processamento de resíduos sólidos para fins de recuperação de áreas degradadas. Universidade de Rio Verde, Rio Verde - GO, 2014. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2021.

MASSUKADO, L.M.; SCHALCH, V. Avaliação da qualidade do composto proveniente da compostagem da fração orgânica dos resíduos sólidos domiciliares. Revista DAE, v. 58, p. 9-15, 2010.

MASSUKADO, L.M. Desenvolvimento do processo de compostagem em unidade descentralizada e proposta de software livre para o gerenciamento municipal dos resíduos sólidos domiciliares. 2008. 182 p. Tese (Doutorado) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2008.

MATTOS, T. M.; MULLER, N.T.G.; FREITAS, N.; PACHILA, L. Viabilização do Processo de Compostagem na URI/Santo Ângelo-RS, Para a Produção de Plântulas na Educação Ambiental da ONG Eco Global Missões. Revista Monografias Ambientais, v. 14, p. 120-125, 2015.

McDOUGALL, F.R.; WHITE, P.; FRANKE, M.; HINDLE, P. (2001) Integrated solid waste management. A Life Cycle Inventory. UK: Blackie Academic & Professional. 532 p.

MIRANDA, L. C.; SANTIAGO, M A. Técnicas e métodos de proteção e estabilização para controle de erosão em talude de corte. Semana Acadêmica, v.1, n.148, n.p., 2018. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2021.

MONTEIRO, J.A.V. Benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos. Revista Educação Ambiental em Ação, n. 56, 2016.

NATALE W., PRADO R.M. & MORO F.V. Alterações anatômicas induzidas pelo cálcio na parede celular de frutos de goiabeira. Pesq. agropec. bras., Brasília, v.40, n.12, p.1239-1242, dez. 2005

OLIVEIRA, F.N.S.; LIMA, H.J.M.; CAJAZEIRA, J.P. Uso da compostagem em sistemas agrícolas orgânicos. Embrapa Agroindústria Tropical, 2004.

RIGHI, J.A. Estudo do comportamento de barreira capilar em aterros sanitários. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

SANTOS, A.M.L.; MARTINS, R.M.L.; SOUZA, R.D.; MOTA, R.M.F.; FERNANDES, C.T. Incentivo ao uso da compostagem de resíduos sólidos em uma horta escolar do município de Jaciara-MT. UNOPAR Cient., Ciênc. Human. Educ., Londrina, v. 15, n.esp, p. 321-329, dez. 2014.

RUELLAN, A. Olhares convergentes para o solo. Cadernos de desenvolvimento e meio ambiente, Curitiba: UFPR-GRID, n. 2, p. 109-118, 1995.

SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de São Paulo. Olericultura Orgânica: Compostagem. São Paulo, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2021.

SILVA, E.T. Tratamento de lixo domiciliar e sua aplicação na recuperação de áreas degradadas. Revista Acadêmica Ciência Animal, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 197-209, 2007.

SIQUEIRA, T.M.O. Compostagem de resíduos sólidos urbanos no estado de São Paulo. Dissertação (Mestrado), Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos, Araras, 2014.

SIQUEIRA, T.M.O.; ABREU, M.J. Fechando o ciclo dos resíduos orgânicos: compostagem inserida na vida urbana. Ciência e Cultura, v. 68, n. 4, p. 38–43, dez. 2016.

SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. Diagnóstico do Manejo dos Resíduos Sólidos Urbanos. Brasil, 2019. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2021.

SOUSA JÚNIOR, F.S. Desenvolvendo e gerenciando compostagem de resíduos sólidos urbanos: para geração de renda e repasse de tecnologia à acrevi. Dissertação (Mestrado), Centro de Ciências Exatas e da Terra da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.

SOUSA, W.L.,TEÓFILO, E.M.D., FREITAS , J.B.S., OLIVEIRA , A.L.T., SOUSA , P.Z. & SALES , R.O., 2016. Aplicação do composto orgânico produzido a partir de resíduos de pescados e vegetais no cultivo do feijão caupi (Vigna unguiculata L.). Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, vol. 10, no. 2, pp. 252-270.

SOUZA, F. de F.; FRANDSEN, J. E.; HOLANDA FILHO, Z. F. Correção do solo e adubação. In: SOUZA, F. de F. (Ed.). Cultivo da melancia em Rondônia. Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2008, p.25-33.

TBCA - Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Campinas, 2011. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2021.

WAGNER, B. Utilização de um Sistema de Baixo Custo para o Monitoramento dos Parâmetros Temperatura e Umidade em Composteiras. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Paraná, 2017

WANGEN, D.R.B.; FREITAS, I.C.V. Compostagem doméstica: alternativa de aproveitamento de resíduos sólidos orgânicos. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 5, n. 2, p. 81-88, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Jessica Laine Mendes Bersan, Gisele Aparecida Rodrigues Kelmer, Julia Righi de Almeida

Revista Brasileira de Meio Ambiente | ISSN: 2595-4431

CC-BY 4.0 Revista sob Licença Creative Commons
Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn